Max e os felinos

img-20190117-wa0001

“Cada leitor da obra do Scliar tem seu gênero preferido. Mas todos reconhecem nele, acima de tudo, seja na ficção, no ensaio ou na crônica, um estilo altamente humanista, que o torna dono de valores universais.” 
Luiz Antonio de Assis Brasil

“Moacyr Scliar é um realista mágico, um criador de atmosferas e um domador do fantástico.”
Wilson Martins, O Estado de São Paulo

“A obra de Scliar é original, fascinante, poderosa, absorvente – merecedora de todos os bons qualificativos que se possa aplicar à ficção.”
Alan Ryan, The Washington Post

“Um mestre brasileiro.”
Herbert Gold, The New York Times

Moacyr Scliar (1937-2011) nasceu em Porto Alegre. Filho de um casal de imigrantes judeus da Bessarábia, formou-se em medicina e especializou-se em saúde pública. Construiu uma carreira literária de prestígio internacional, reunindo uma obra de mais de setenta livros, incluindo romances, contos e crônicas. Em 2003, foi eleito para a Academia Brasileira de Letras. Recebeu, entre outros, os prêmios Jabuti e Casa de las Américas.

Nesta série encontram-se publicados alguns dos títulos mais representativos de sua obra. Max e os felinos, lançado originalmente em 1981, é uma fábula encantadora sobre a imigração e a liberdade. Em poucas páginas, ao criar a cena do pequeno Max dividindo um bote com um jaguar no meio do oceano, Scliar eternizou na literatura um dos mais profundos conflitos humanos – a luta interna entre o homem e suas feras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s