Dom Quixote – Coleção Literatura Mundial em Quadrinhos

De tanto ler antigos livros de cavalaria, o pacato Alonso Quijano perde o juízo e resolve levar a vida de um cavaleiro andante. Depois de equipar-se com a velha armadura herdada dos bisavós e de fazer-se ordenar por um estalajadeiro, transforma-se no mui afamado Dom Quixote de La Mancha. Na companhia do cavalo Rocinante e do fiel escudeiro Sancho Pança, sai mundo afora em busca … Continuar lendo Dom Quixote – Coleção Literatura Mundial em Quadrinhos

O Pequeno Príncipe

Publicado pela primeira vez em 1942 nos Estados Unidos e, três anos mais tarde, na França, O pequeno príncipe tornou-se obra de apelo universal, um clássico moderno traduzido para mais de oitenta idiomas. Suas páginas abrigam valiosas lições sobre a solidão, a amizade, o tempo, a vida e a morte, compartilhadas conosco por meio do pequeno habitante do asteroide B 612. Apesar de escrito e … Continuar lendo O Pequeno Príncipe

Dom Casmurro – Coleção Nossa Literatura

Qual é a razão de ler um livro de mais de 100 anos? Às vezes, bem mais de trezentos ou mil… Os livros dessa idade que podemos encontrar nas estantes são conhecidos como clássicos. São livros que, em algum momento da vida escolar, costumam ser usados em sala de aula. São grandes referências do conhecimento humano, que concorrem há séculos pela atenção dos leitores num … Continuar lendo Dom Casmurro – Coleção Nossa Literatura

Dom Casmurro

Poucos romances examinam com tanta sutileza as artimanhas do ciúme como Dom Casmurro. Publicado em 1899, o livro permanece ainda hoje como um dos mais fascinantes estudos da traição. Aliás, como o leitor mais atento perceberá, são supostamente duas: a de Capitu, exposta pelo marido Bentinho, e a própria narrativa sobre como Bentinho modifica os fatos para corroborar suas suspeitas matrimoniais. Tudo isso é narrado … Continuar lendo Dom Casmurro

Dom Casmurro

Publicado pela primeira vez em 1900, Dom Casmurro é o romance mais famoso e polêmico de Machado de Assis. Ambientado no Rio de Janeiro do século XIX, é narrado por seu protagonista: Dom Casmurro, um velho solitário e frustrado que, em virtude de sua “simpatia”, recebe esse apelido de um conhecido. O personagem busca, por meio da narrativa, rememorar e compreender fatos do seu passado, … Continuar lendo Dom Casmurro

Noite na taverna

Noite na Taverna foi publicada postumamente no ano de 1855. Obra de contornos trágicos e repleta de fantasia, representa de maneira autêntica a escola byroniana, componente do Romantismo no Brasil. Reunidos em uma taverna, as personagens, descrentes com a vida e o amor, cheios de vícios e amantes do vinho, definem-se como libertinos, admiram Don Juan e contam “histórias sanguinolentas” envolvendo o amor e crimes … Continuar lendo Noite na taverna

Histórias extraordinárias

Histórias extraordinárias reúne dezoito contos assombrosos de Edgar Allan Poe. Este livro traz, entre outras obras-primas do mestre do suspense e do mistério, “A carta roubada”, “O gato preto”, “O escaravelho de ouro”, “O poço e o pêndulo” e “Os crimes na rua Morgue”. O caráter macabro das histórias, dotadas de profundidade psicológica e imersas em uma atmosfera eletrizante, continua a conquistar novos leitores e … Continuar lendo Histórias extraordinárias

O vermelho e o negro

Stendhal, pseudônimo de Marie-Henri Beyle, torna-se um escritor de cunho realista a fim de expressar seu mal-estar diante do mundo pós-napoleônico. “O Vermelho e o Negro”, publicado em 1830, é um romance histórico e psicológico que se passa na França, durante a Restauração. Dividido em duas partes, a primeira nos apresenta Julien Sorel, um jovem imprevisível e ambicioso que vive na pequena cidade de Verrières. … Continuar lendo O vermelho e o negro

O retrato de Dorian Gray

Em 1891, quando foi publicado em sua versão final, O retrato de Dorian Gray foi recebido com escândalo, e provocou um intenso debate sobre o papel da arte em relação à moralidade. Alguns anos mais tarde, o livro foi inclusive usado contra o próprio autor em processos judiciais, como evidência de que ele possuía “uma certa tendência” – no caso, a homossexualidade, motivo pelo qual … Continuar lendo O retrato de Dorian Gray

O morro dos ventos uivantes

Esta é uma história de amor e obsessão. E de purgação, crueza, devastação. No centro dos acontecimentos estão a voluntariosa e irascível Catherine Earnshaw e seu irmão adotivo Heathcliff. Rude nos modos e afetos, humilhado e rejeitado, ele aprende a odiar; mas com Catherine desenvolve uma relação de simbiose, paixão e também perversidade. Nada destruirá a essência desse laço – porém quando ela se casa … Continuar lendo O morro dos ventos uivantes